Estágios Profissionais na Europa

Estágios Profissionais na Europa

Simbolo-EPEuropa

Uma mais-valia potenciadora e facilitadora da inserção no mercado de trabalho. 

Proporcionar aos jovens qualificados em situação de desemprego um estágio profissional, num país da União Europeia

Interação com outros processos de organização do trabalho e de gestão.

Desenvolvimento das competências a nível profissional, social e pessoal.

Os utentes inscritos no Instituto de Emprego da Madeira, IP-RAM que não tenham fornecido o e-mail ou respondido ao e-mail de validação enviado por este serviço encontram-se impossibilitados de aceder aos nossos serviços online no âmbito dos programas de emprego.

A quem se destinam?

Jovens desempregados, à procura de emprego, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, habilitados com qualificação entre o nível 4 e 8 (*) do Quadro Nacional de Qualificações.

(*) – Fixado de acordo com a tabela de correspondência entre os níveis de educação e de formação (Decisão n.º 85/368/CEE, do Conselho, de 16 de julho, publicada no Jornal Oficial das Comunidades Europeias, n.º L 199, de 31 de Julho de 1985) e os níveis de qualificação (Portaria n.º 782/2009 de 23 de julho, publicada no Diário da República, 1.ª série, n.º 141, de 23 de Julho de 2009).

Qual a Duração do estágio?

3 meses, não prorrogáveis.

Como beneficiar?

Deve estar inscrito no Instituto de Emprego da Madeira e reunir as condições do programa, bem como:

  • Deter conhecimentos básicos da língua inglesa e/ou da língua do país de destino;
  • Possuir conhecimentos informáticos na ótica do utilizador;
  • Revelar atitude e sentido de responsabilidade, espírito empreendedor, dinamismo, motivação e ambição;
  • Demonstrar disponibilidade para trabalhar na Europa;
  • Evidenciar capacidade de adaptação e de relacionamento pessoal.

Como se candidatar?

Compete aos jovens desempregados efetuar as diligências necessárias junto das potenciais entidades privadas com ou sem fins lucrativos, com disponibilidade para os acolher em estágios profissionais.

Que apoios pode receber?

Apoio financeiro nos seguintes montantes:

  • Igual a duas vezes e meia a retribuição mínima mensal garantida na Região Autónoma da Madeira, no primeiro mês;
  • Igual a duas vezes a retribuição mínima mensal garantida na Região Autónoma da Madeira, nos meses subsequentes.